Perda de Peso

Saiba como perder o peso em excesso.

Quer saber mais sobre a perda de peso? Subscreva nossa newsletter e receba informações por email.

Excesso de peso e vida quotidiana

O que é uma caloria?

É uma unidade de medida do valor energético. Mais exactamente, é a quantidade de energia calórica que é necessário aplicar a um grama de água para a sua temperatura poder aumentar um grau centígrado. Em alimentação, utiliza-se a quilocaloria (ou caloria grande), unidade mil vezes maior. Um grama de hidratos de carbono proporciona 4 calorias; um grama de proteínas 4 e um grama de lípidos ou gorduras 9. Um grama de álcool etílico produz 7 calorias.

Como se pode saber se um alimento engorda muito?

Pode-se saber consultando as “Tábuas de compo-sição dos alimentos”, onde consta, entre outros detalhes, o calor calórico por 100 gramas de cada alimento. Não devemos esquecer que cem gramas de determinados alimentos pode ser uma quantidade pequena ou grande conforme a classe de alimentos em questão.

Os desgostos e as preocupações podem engordar?

Contrariamente à observação popular de haver pessoas emagrecendo por problemas emocionais, é certo que a angústia e os conflitos podem fazer engordar uma pessoa, por provocarem quase sempre uma sensação de vazio que se alivia comendo. Também é certo que pode ser impossível seguir uma dieta de emagrecimento quando se têm sérios problemas e preocupações.

Alguma hormona funciona mal, se uma pessoa engordar sem comer excessivamente?

Há vinte anos suspeitava-se que se uma pessoa engordava sem comer em demasia isso era devido a algum sintoma hormonal (da tiróide ou da cortisona). Actualmente, as hormonas podem medir-se laboratorialmente e tem-se verificado não ser certa a asserção na grande maioria dos casos. Menos de uma de cada cem pessoas com peso excessivo sofre de alguma anomalia hormonal.

Existe também excesso de gordura no sangue, havendo excesso de peso?

Muitos obesos padecem também excesso de gordura no sangue (colesterol ou triglicéridos) mas outro não. Quer dizer, a obesidade não é necessariamente acompanhada de aumento de gordura no sangue. Evidentemente que, ao emagrecer, habitualmente se corrige a anomalia e o colesterol ou os triglicéridos (constitutivos do tecido adiposo) regressam aos seus valores normais.

Pode a água provocar um aumento de peso por ficar retida no organismo?

Alguns obesos, principalmente do sexo feminino e à beira da idade da menopausa (45-52 anos), queixam-se de urinarem pouca quantidade, sentindo-se “inchados”. Isto tem a sua explicação num pequeno desarranjo hormonal próprio desta idade, na verdade provocando retenção de alguma quantidade de água. Mas tal não deve solucionar-se bebendo menos, pois provocar-se-ia uma desidratação. Por vezes, o médico receita um diurético suave, duas ou três vezes por semana, mas geralmente não é necessário, pois o caso soluciona-se espontaneamente nos meses seguintes.

Quando pode iniciar uma dieta para emagrecer uma mulher que durante a gravidez aumentou, por exemplo, dez quilos?

Deveria fazê-lo após o período de aleitação maternal. Mas inclusivamente durante a mesma, deve evitar excessos alimentares provocando maior aumento de peso.

Porque há pessoas quê comem muito e não engordam?

Nos últimos anos, encontrou-se uma explicação indubitável para este facto. Estas pessoas “queimam” todo o excesso no seu organismo durante duas ou três horas após as refeições. Tal é levado a efeito por um tecido denominado “gordura parda” que se encontra repartida por todo o organismo. Poderia ser que nos obesos não funcionasse devidamente este tecido, mas todavia convém investigar mais para lhe encontrar uma aplicação prática.

Deixar de fumar engorda?

Quando um fumador deixa de fumar, é costume aumentar o seu apetite e comer mais quantidade de alimentos, inclusivamente a horas em que anteriormente o não fazia, e engordar. Por isso deverá aprender a ingerir alimentos sólidos e líquidos pouco calóricos, para superar com êxito os pequenos “ataques” de fome que podem sobrevir.

É certo que os anovulatórios (pílulas anticonceptivas) engordam?

Estes medicamentos contêm uma hormona podendo provocar certa retenção de água no organismo, bem como um aumento de quantidade de gordura corporal. Tudo isto conduz a um aumento de peso. De qualquer forma, cada mulher responde de um modo diferente, pois enquanto em alguns casos se podem aumentar 4 ou 5 quilogramas, noutros não tem lugar este aumento de peso. Também influi a quantidade de hormonas existente no anovulatório, pois existem preparados com maiores doses que outros. Ora bem, pode-se seguir uma dieta de emagrecimento normal e corrente, com a qual se obtém em geral bons resultados. Em alguns casos a perda de peso semanal é muito baixa, inferior a meio quilograma, mas, mesmo assim, deve prosseguir-se com a dieta já que, a médio prazo, poderá controlar-se o excesso de peso.

Dormir muito faz engordar?

Durante o repouso diminui o consumo calórico do corpo humano. Por isso mesmo, durante o sono o consumo calórico é mínimo. Se se dormir muitas horas (durante o sono nocturno ou com uma sesta depois do almoço), o organismo “queima” muito pouco durante esse tempo, ainda que com a actividade do resto do dia (o trabalho, andar, subir e descer escadas, etc.) se compense bastante.

Não é só por dormir muito que uma pessoa engorda. Quase sempre o aumento de peso ocorre por se comer maior quantidade de alimentos energéticos. Por vezes, isto é acompanhado do abandono de algum desporto ou exercício físico e de um maior descanso. De qualquer maneira, um obeso não emagrecerá dormindo menos, mas seguindo uma dieta apropriada, à qual convém aliar um exercício físico adequado a cada caso.